baner 01 abr noticias

Chip com passaporte da vacina já foi instalado em 6 mil pessoas.

Assista o vídeo no site do ABRNOTICIAS e entenda como funciona. Uma empresa na Suécia desenvolveu um microchip capaz de armazenar essas informações de vacinação e implantá-lo na mão do usuário.

Por @PrArnaldoBR - MTB0171/RO em 01/01/2022 às 14:39:17
Imagem da internet

Imagem da internet

Quem vive perdendo o cartão de vacinação, ou o popular passaporte vacinal, que comprova que o indivíduo recebeu alguma dose dos imunizantes contra a Covid-19, agora tem a oportunidade de ter a tecnologia a seu favor e garantir que isso jamais volte a acontecer.

Isso porque uma empresa na Suécia desenvolveu um microchip capaz de armazenar essas informações de vacinação e implantá-lo na mão do usuário.

A tecnologia já existe há um tempo e vinha sendo testada para armazenar documentos como RG, CPF ou Carteira de Motorista, mas a possibilidade de armazenar os dados de vacinação fez com que o microchip tenha uma utilidade ainda maior, já que o passaporte vacinal é obrigatório na Suécia para realizar diversas atividades diárias, como, por exemplo, entrar numa padaria.


Fonte Euronews

O microchip funciona com a tecnologia NFC (Comunicação de Campo Próximo), que no Brasil já é usada há muito tempo, e mais recentemente se popularizou com os pagamentos por aproximação de cartão de crédito ou até com o próprio celular.

De acordo com a empresa desenvolvedora, como o microchip não possui bateria, não será possível rastrear o usuário, e ele fica implantado embaixo da pele, sem apresentar qualquer incômodo. Estima-se que cerca de 6 mil pessoas já usam o microchip com dados do passaporte vacinal na Suécia.


Fonte: ABR NOTICIAS

Comunicar erro

Comentários