baner 01 abr noticias

Vídeo: Safra recorde preocupa agricultores pela falta de armazéns.

O setor aponta que a capacidade de armazenamento de grãos não tem acompanhado o crescimento exponencial da produção brasileira.

Por #ArnaldoBR - MTB0171/RO em 23/07/2022 às 15:31:35
Foto: TV Sorriso/Record TV/Reprodução

Foto: TV Sorriso/Record TV/Reprodução

O setor aponta que a capacidade de armazenamento de grãos não tem acompanhado o crescimento exponencial da produção brasileira.

De acordo com a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), o ciclo 2021/2022 deve ultrapassar 270 milhões de toneladas de grãos.

A safra deste ano promete ser recorde em todo o país segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O arroz, o milho e a soja são os principais produtos com mais de 90% de produção.

A expectativa é boa em relação aos números, mas o que vem preocupando os produtores é a incerteza de locais para o armazenamento de todo o estoque. "A gente teve um pouco dificuldade com relação a espaço por que a safra concentrou muito a gente estava com bastante de soja e a gente não conseguiu embarcar toda ela no prazo", disse o diretor da Coavil, Anderson Oro.

Mesmo com a alta de fertilizantes, fretes e combustíveis, o volume de produção foi alto. Quase 95% da colheita da safrinha do milho está concluída. Com a previsão de chuva para os próximos meses, os produtores correm contra o tempo para comercializar ou realocar os grãos para evitar as perdas.

O presidente do Sindicato Rural de Sorriso, Silvano Filipetto, informou que tinha uma grande quantidade de soja guarda nos armazéns e houve um atraso na retirada da oleaginosa devido ao mercado, uma vez que os produtores postergaram a venda após a queda do preço.

"Chegou a safrinha de milho e o pessoal tava tirando a soja ainda. Era um trabalho de tirar soja e colocar milho no mesmo armazém, e isso gera transtorno, muitos cuidados para não misturar os grãos e foi se atrasando. Graças a Deus colhemos bem esse ano. Mas essa questão de falta de armazém é um problema antigo na nossa região".

O setor aponta que a capacidade de armazenamento de grãos não tem acompanhado o crescimento exponencial da produção brasileira. De acordo com a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), o ciclo 2021/2022 deve ultrapassar 270 milhões de toneladas de grãos.

De acordo com o presidente do Sindicato Rural de Sorriso, o problema se arrasta há décadas. Para tentar minimizar os agravos, os produtores têm buscado subsídios, a exemplo do Plano Safra por meio do PCA (Programa para Construção e Ampliação de Armazéns), disponibilizado pelo Governo Federal.

Mas, segundo Silvano Filipetto, o recurso é pouco para atender as demandas necessárias.


Confira AQUI a reportagem completa no Balanço Geral, programa da TV Sorriso.

Fonte: Portal TV SORRISO

Comunicar erro

Comentários