baner 01 abr noticias

Shakira é acusada de fraude e Ministério Público pede 8 anos de prisão

O Ministério Público de Barcelona entrou com um pedido nesta sexta-feira, 29, para que a cantora Shakira cumpra uma pena de mais de oito anos de prisão,...

Por #ArnaldoBR - MTB0171/RO em 30/07/2022 às 10:05:42

O Ministério Público de Barcelona entrou com um pedido nesta sexta-feira, 29, para que a cantora Shakira cumpra uma pena de mais de oito anos de prisão, divulgou o El Confidencial. A artista colombiana está sendo acusada de seis crimes contra a Fazenda Pública envolvendo uma suposta fraude fiscal de 14,5 milhões de euros. Segundo o Ministério, a cantora de Waka Waka fingiu não residir na Espanha para não pagar impostos e escondeu seus rendimentos em paraísos fiscais. Anteriormente, Shakira já devolveu mais de 14 milhões de euros que foram exigidos pela Receita Federal e pagou cerca de 3 milhões em juros. As acusações são referentes aos anos de 2012, 2013 e 2014, pois, de acordo com o Ministério, Shakira passou em cada ano mais de 200 dias na Espanha e comprou uma casa para morar com seu então marido, o jogador Gerard Piqué. Nesse período, a artista só teria se ausentado do país para cumprir compromissos profissionais e para viajar a lazer.

O Ministério alegou ainda que a cantora usou uma rede de empresas criada anos antes em paraísos fiscais para esconder seus rendimentos e não pagar impostos. “Essas empresas foram ajuizadas com o único objetivo de esconder da Fazenda Pública os rendimentos e bens dos acusados”, declarou o órgão no documento apresentado. Na última quarta-feira, 27, Shakira anunciou que não aceitou fazer um acordo com Ministério Público e isso indica que o caso pode ir a julgamento. A artista declarou que o que está acontecendo é “Uma total violação de seus direitos” e, em um comunicado, disse que “a promotoria tem insistido em recolher o dinheiro ganho em [suas] turnês internacionais e no ‘The Voice’”, reality musical que foi jurada nos Estados Unidos. Por meio de seus advogados, ela afirma que nessa época “ainda não era residente da Espanha” e que até 2014 a maior parte da sua renda vinha das turnês internacionais e, por conta disso, ela não permaneceu mais que seis meses em território espanhol.

Fonte: Jovem Pan

Comunicar erro

Comentários